Qual a diferença entre máscara e condicionador?

Quem nunca teve essas dúvidas: o que passar no cabelo após o shampoo? Máscara ou condicionador? Ou os dois? Qual a diferença? 

O ritual da lavagem dos cabelos começa com o shampoo. Esses produtos abrem as cutículas dos fios para remover os resíduos e, na maioria das vezes, deixam o cabelo com cargas elétricas negativas, o que contribui para o efeito frizz.

Os condicionadores tem a finalidade de hidratar externamente os cabelos, lubrificam e selam as cutículas, facilitando o desembaraçar e devolvendo rapidamente a maleabilidade aos fios. São carregados positivamente e tem pH ácido, equilibrando a eletricidade e o pH do cabelo após o uso do shampoo.
 

E as máscaras? Afinal servem pra quê?

As máscaras profissionais tem a função de hidratar, nutrir e reconstruir os fios tanto externamente como internamente, levando os nutrientes através da cutícula (camada mais externa do cabelo) até o córtex capilar (porção interna do fio). Ou seja, sua função é RECUPERAR os cabelos ressecados e danificados. Devem ser aplicadas após o shampoo, quando as cutículas estão abertas e deixadas por um tempo determinado pelo fabricante até que os elementos sejam absorvidos pelos cabelos. No entanto, essas máscaras tem pH alcalino, elas NÃO desembaraçam o cabelo, e por isso deve ser usado o condicionador após o seu enxágue.

Vale lembrar que a maioria das "máscaras" encontradas em supermercados nada mais são que condicionadores com ativos mais concentrados, NÃO cumprindo de verdade a função de hidratar e nutrir os fios internamente.

Pele Dermatologia