Pele Jovem

Manter uma aparência jovem ao longo da vida é o sonho de muita gente! As atitudes, o estado de espírito, a disposição, a saúde e até o estilo têm muito a ver com isso, mas nada dá uma primeira impressão melhor de jovialidade que o próprio rosto, certo? Ainda bem que a dermatologia conta com inúmeras opções de procedimentos que possibilitam uma pele mais jovem. Quer saber quais? Separamos 5 procedimentos eficazes para tornar a pele mais jovial. Descubra abaixo!

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

 

1) Peeling Químico

Método que pode ser utilizado para atenuação de rugas, manchas e cicatrizes, na diminuição de lesões pré-malignas, na prevenção do câncer de pele e no controle da acne. Consiste na aplicação de agentes químicos cáusticos que destroem as camadas superficiais da pele, dando lugar à sua regeneração e a uma aparência melhor. É uma forma de acelerar a esfoliação cutânea que acontece naturalmente.

O peeling pode ser superficial, médio ou profundo. Cada paciente deve passar por avaliação médica especializada para identificar a melhor opção em seu caso específico. Dependendo do tipo de peeling, a pele se refaz entre um e até 15 dias.

Contraindicações:

  • Gestantes;

  • Portadores de cicatrizes, pigmentação de pele anormal, verrugas, pele negra ou amarela, cabelos ruivos e pele clara com sardas;

  • Pacientes que fizeram tratamentos contra acne um ano antes do procedimento.

2)Laser

É uma tecnologia que projeta radiação eletromagnética contra um determinado alvo na pele, que pode ser um pigmento como a melanina, pigmentos de tatuagem e até mesmo a água, no caso do rejuvenescimento. É indicada para suavizar cicatrizes faciais, rugas e manchas.

A técnica empregada vai de acordo com o grau de envelhecimento da pele de cada paciente. Os lasers ablativos (que agem mais profundamente na pele) exigem maior tempo de recuperação. Já os não ablativos, mais superficiais, permitem que o paciente retorne às atividades cotidianas imediatamente. O tipo do laser utilizado depende de o que se deseja tratar. O procedimento leva de 30 minutos a duas horas. Em seguida, a dermatologista aplica curativos específicos para proteger a pele tratada.

3) Microagulhamento

O microagulhamento é um procedimento que consiste em microperfurações da pele com finas agulhas metálicas. Seu resultado mais proeminente é a indução de colágeno e de outras fibras naturais na pele, bem como o espessamento da epiderme. A técnica pode ser feita por rollers (mais comum), canetas elétricas ou carimbos. É sempre importante observar se o material utilizado tem autorização da Anvisa para uso, e se as agulhas são estéreis. Em nenhuma hipótese estas podem ser reutilizadas, mesmo que no próprio paciente. O tratamento promove a renovação celular e ajudam a tratar rugas, acne, flacidez, estrias, entre outros.

4) Preenchimento facial

É realizado para repor volumes e reparar imperfeições adquiridas ao longo da vida, como cicatrizes e manchas. O objetivo é melhorar o contorno e as formas da face. O principal preenchedor utilizado hoje é o ácido hialurônico, uma substância que o próprio corpo humano contém, mas passa a produzir em menor quantidade ao longo do tempo. O ácido atrai água para o local onde é aplicado, o que ocasiona não só a melhora dos sinais da pele como também sua hidratação.

O preenchimento facial geralmente é feito na região do sulco nasolabial, conhecido como bigode chinês, nos lábios, no contorno da mandíbula, nas maçãs do rosto e nas olheiras. Após a aplicação, a área pode ficar avermelhada e inchada, mas a ocorrência de alergias é rara. O preenchimento pode ser feito em combinação com outros procedimentos para resultar em uma pele mais jovem, como o peeling químico.

5) Skinbooster

Esse tratamento também utiliza o ácido hialurônico injetável, porém é uma técnica mais moderna, que traz a substância mais fluida, mais leve e garante um efeito mais natural. Esse procedimento hidrata a pele, recupera o volume e preenche os vincos, amenizando rugas finas principalmente ao redor da boca e dos olhos. Melhora a elasticidade e o brilho da pele, e funciona muito bem para quem tem olhos fundos com olheiras.

Podem surgir pequenos pontos arroxeados na pele após a aplicação, mas eles desaparecem dentro de três ou quatro dias. O ácido hialurônico nessa versão não faz inchar e nem surgir nódulos. O skinbooster estimula a absorção de água e a regeneração natural da pele.

 

Mas lembre-se: Seja qual for o procedimento escolhido na busca por uma pele mais jovem, é imprescindível proteger-se com filtro solar FPS mínimo 30 no período pós procedimento e depois do término do tratamento, além de seguir as orientações da dermatologista à risca.

Tem dúvidas sobre qual procedimento realizar? Procure o seu dermatologista! Ligue e agende uma avaliação na Clínica Pele: (81) 33261828

Pele Dermatologia